Por ocasião das comemorações alusivas ao Dia Nacional do Agente de Combate às Endemias e do Agente Comunitário de Saúde, data celebrada oficialmente nesta sexta-feira (04/10), a Secretaria da Saúde de Sobral parabeniza todos os profissionais que têm prestado um serviço de grande relevância à população sobralense.

“Temos muito a crescer e a fazer para sermos referência em saúde, mas isso vem acontecendo da forma esperada. Houve a redução da mortalidade infantil e do número de casos de arboviroses [dengue, zika, chikungunya]. O trabalho de todos vocês foi fundamental para que isso acontecesse. Contem conosco, pois precisamos muito do trabalho de vocês, continuem assim”, disse Gerardo Cristino, secretário da Saúde.

Segundo a Política Nacional de Atenção Básica, são algumas atribuições dos Agentes de Combate às Endemias a vistoria de residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais para a busca de focos endêmicos; realização de inspeção cuidadosa em caixas d'água, calhas e telhados; aplicação de larvicidas e inseticidas. Eles também orientam quanto à prevenção e tratamento de doenças infecciosas, atividades fundamentais para prevenir e controlar enfermidades como doença de Chagas, leishmaniose, raiva e tracoma.

Destaca-se, nos trabalhos desses agentes, a vigilância no controle das arboviroses, comprovada pelo bom desempenho nos indicadores, principalmente no que se refere ao efetivo controle no Índice de Infestação Predial que, atualmente em Sobral, está em 0,28%, levando em conta os mais de 108 mil imóveis inspecionados e tratados a cada ciclo bimestral.

Já os Agentes Comunitários de Saúde se destacam pelos trabalhos de cadastro individual, domiciliar e territorial, fazendo um elo entre o cidadão e o sistema de saúde pública. Eles realizam atividades programadas e de demanda espontânea; acompanham, por meio de visita domiciliar, todas as famílias e indivíduos sob sua responsabilidade, sendo as visitas programadas em conjunto com a equipe da Estratégia Saúde da Família, considerando a classificação de risco e vulnerabilidade de modo que famílias com maior necessidade sejam visitadas com mais frequência. Esse trabalho faz diferença na melhoria dos indicadores de saúde, como é o caso da redução da taxa da mortalidade infantil que, em Sobral, está atualmente em 6,58, um dos menores registros da história do município.


“São esses profissionais, de um potencial brilhante, os responsáveis por promover ações de prevenção e educação em saúde junto à comunidade, e também de informar a população sobre os riscos das doenças, através das visitas aos imóveis e nas localidades, com o objetivo de contribuir com a qualidade de vida da comunidade, alertando, prevenindo e identificando os problemas de saúde do município”, ressaltou Francisca Leite Mendonça Escócio, coordenadora de Vigilância em Saúde. A coordenadora disse ainda que, “são profissionais que fazem da solidariedade o seu trabalho, e da comunidade a sua família. Parabéns pelo seu dia”, finalizou.